BLOGGER TEMPLATES AND TWITTER BACKGROUNDS

sábado, 27 de setembro de 2008

Week IV - Packers @ Buccaneers

Boa tarde nação Cheesehead.

Packers @ Buccaneers
Raymond James Stadium - Tampa, FL (o estádio do návio pirata !!! hahaha)
14:00 horário de Brasília
Transmissão: FOX
Via Internet: MyP2P*e Channel Surfing*
*sem links diretos até o momento, postarei assim que conseguir

video


O Packers viaja a Tampa buscando a recuperação após a derrota sofrida em casa para os Cowboys. Desfalcado de dois dos seus principais jogadores na secundária, o Packers enfrentará um ataque que basicamente deverá usar muito o passe durante a partida; foram mais de 400 jardas passadas em quase 70 tentativas na semana passada contra nosso rival, os Bears.

Sabendo das lesões o estilo de jogo não deve mudar muito, talvez explorem mais o jogo corrido por ser uma deficiência até o momento para a defesa de Green Bay. Mas acredito que a maior parte do tempo iremos ver o jogo aéreo por parte de Tampa. Há um porém, o melhor recebedor, o veteraníssimo Joey Galloway mais uma vez deverá ficar de fora com uma lesão, o que torna o trabalho de Tramon Williams um pouco mais fácil. O problema mesmo é no fundo, os safeties Aaron Rouse e Nick Collins vinham bem na partida contra Dallas, até a lesão de Collins, entrou Chalie Prepah que se mostrou muito fraco na cobertura do TE estrela, Jason Witten. Desta vez a cobertura dos Safeties não deverá ser tanto no TE, mas em zonas ou dupla marcação. Ficaremos de olho neste quisito.

Quanto ao ataque, muitas opções aqui. Ruvell Martin estará devolta e o novato Jordy Nelson ganha valor na partida com a provavel ausência de James Jones. Os sempre confiáveis Donald Driver e Greg "jump around with me" Jennings são as armas que mais apareceram nos três primeiros jogos, porém com a marcação do veterano Ronde Barber, Jennings deverá ser utilizado com um pouco mais de cautela, pelo menos até conseguir a primeira boa jogada. Destaco aqui o papel fundamental de Donald Driver e Donald Lee. O TE que foi tão bem no ano passado, deverá reaparecer neste jogo como peça chave.

Quanto ao jogo corrido, é a hora de Ryan Grant engrenar na temporada. Numa temporda 2007 tão boa, Grant ajudou em muito o time a chegar aos playoffs, nessa temporada ainda não apresentou seu jogo que conhecemos em 2007, porém sem a lesão tudo pode mudar. Ele deverá ganhar um valor maior no time e deverá carregar a bola por mais vezes, fazendo com que o playcalling que tanto reclamamos nesses três primeiros jogos, mude completamente. Grant tem o papel de abrir a defesa através do jogo corrido, se isso ocorrer, Aaron Rodgers encontrará muitas opções para conduzir seu ataque.

As chaves da partida:

1- Conseguir first downs: "move the chains" o que não conseguimos fazer contra Dallas e deixamos a defesa muito tempo em campo.

2- Estabelescer o jogo corrido: Ryan Grant precisa correr bem, sem ele, o Rodgers é apenas mais um quarterback jogando bem por si só.

3- Não cometer turnovers: fator de extrema importância e que deverá decidir a favor do vencedor no final da partida.

O blog Packers Brasil, lamenta com pesar ao kicker do Tampa Bay Buccaneers, Matt Bryant, e sua família a perda de seu filho esta semana. Que na casa de Deus ele encontre a paz e o amor do Senhor.

Um bom jogo a todos.

Go G !

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Packers não mostra um football bom e Cowboys domina com o jogo corrido.

Boa tarde nação cabeça de queijão!! Infelizmente não tão boa quanto poderia ser, por que nós perdemos para o Dallas Cowboys por 27 a 16. Jogo em que Green Bay não mostrou um futebol tão bom, dallas conseguiu dominar com o jogo corrido.

Desdo começo do jogo até o final o ataque do Dallas dominou a partida ficando mais tempo com a posse da bola do que o Packers, pois a defesa não estava conserguindo segurar o ataque corrido, toda hora que o Cowboys tentava uma corrida quase sempre era uma primeira descida ou chegava muito perto. Marion Barber foi o destaque conseguindo 142 jardas e 1 TD outro destaque do jogo corrido do dallas foi o novato Felix Jones que conseguiu uma corrida de 60 jardas e 1 TD. O ataque corrido do Packers não foi tão bem quanto poderia com destaque para
Ryan Grant que conseguiu só 54 jardas no jogo.

O ataque do packers não conseguia progredir muito, a corrida não funcionava e os passes não estavam encaixando sempre Rodgers completou 22 de 39 tentados e não fez nenhum TD, muitas vezes o ataque perdia por faltas bobas da sua linha. Jennings foi o mais procurado nos passes conseguindo 115 jardas, mas mais uma vez passa em branco no jogo sem conseguir fazer nenhuma TD esse ano. Donald Driver conseguiu a melhor jogada de passe do packers uma recepção de 50 jardas, só que mais uma vez mal aproveitada resultando apenas em um FG.

A Defesa do packers não conseguiu segurar o ataque corrido do marion barber e companhia, mas não deixou o Tony Romo conseguir completar tantos passes o destaque dessa defesa foi o FS Nick Collins que conseguiu fazer um interceptação dentro da End Zone do Packers, anulando assim o que poderia ser mais um TD para o Cowboys.

A desada mesmo sem o SS Atari Bigby conseguiu mostrar uma melhora em jogo de passes e também não cometeu tantas faltas que comprometessem o jogo. E dessa vez as faltas vieram muitas do ataque e principalmente do especial time do packers, que em quase todos os retornor do time cometia uma segurada por trás e anulava o bom avanço que o retornador Will Blackmon fazia.


1st Quarter
FG - Nick Folk, 25 yd field goal , 13:14. Drive: 4 plays, 7 yards in 1:25
FG - Mason Crosby, 36 yd field goal , 8:02. Drive: 10 plays, 56 yards in 5:12

2nd Quarter
FG - Mason Crosby, 38 yd field goal , 12:38. Drive: 7 plays, 23 yards in 2:23
TD - Felix Jones, 60 yd run (Nick Folk kick is good), 6:04. Drive: 4 plays, 88 yards in 1:49
FG - Nick Folk, 39 yd field goal , 0:07. Drive: 10 plays, 29 yards in 4:14

3rd Quarter
FG - Mason Crosby, 33 yd field goal , 5:58. Drive: 11 plays, 73 yards in 6:33
TD - Marion Barber, 2 yd run (Nick Folk kick is good), 2:53. Drive: 5 plays, 80 yards in 3:05

4th Quarter
TD - Miles Austin, 52 yd pass from Tony Romo (Nick Folk kick is good), 9:09. Drive: 9 plays, 80 yards in 3:49
TD - Aaron Rodgers, 1 yd run (Mason Crosby kick is good), 2:11. Drive: 11 plays, 87 yards in 3:23

sábado, 20 de setembro de 2008

Week III - Cowboys @ Packers

Boa tarde nação Cheesehead. Devido a falta de tempo, não poderei ir tão a fundo quanto gostaria na prévia deste jogo, porém nosso mais novo redator postará aqui também expondo a opinião dele sobre a partida. Deixo-os os videos oficiais da NFL.com e as informações técnicas da partida. Caso surgir tempo, irei editar a postagem, mas isso será mais tarde e o ideal é que o post saia ao menos 24 horas antes da partida para que todos possam dar uma olhada.

Cowboys @ Packers
Lambeau Field, Green Bay - WI
21:00 horário de Brasília
Transmissão: ESPN, Sunday Night Football at NBC
Via internet: MyP2P e Channel Surfing -> link direto Watch-NBC

video
Nação Cheesehead! Jogo difícil essa semana, provavelmente o mais complicado da temporada 2008/09. 2 equipes muitos boas disputam nesse Sunday Night Football sua invencibilidade.

Rodgers enfrenta o Dallas pela 2ª vez, ano passado jogou contra o time do Cowboys pela 10ª semana, quando Brett Favre saiu no meio do jogo machucado. A-Rod fez 201 jardas e um passe para TD. Esta pode ser uma das vantagens para o QB do packers esse ano, pois vai entrar no jogo sabendo o que esperar da defesa do Dallas.

As duas equipes vem de 2 vitórias e nenhuma derrota no campeonato. O que torna esse jogo um dos mais aguardados dessa semana. Dallas vem de uma votória contra o Philadelphia Eagles em um dos jogos mais disputados de um Monday Night Football, 41 a 37. O que mostra que o time do Cowboys tem um ataque muito forte, com Tony Romo, Mario Barber e Terrell Owens e compania ; por outro lado que tem uma defesa que não é impossível de ser penetrada.

As chaves do jogo são, então:

1–Ter um jogo de passe bastante consistentes, então Greg Jennings, Donald Driver e James Jones irão ser bastante acionados.

2 – O jogo corrido também é muito importante, dois corredores muito bons do Packers serão utilizados no jogo, Ryan Grant destaque no jogo corrido contra o Vikings e Brandon Jackson destaque no jogo corrido contra o Detrit. Ano passado Ryan Grant fez 2 TD corridos contra o Dallas.

3 – Lambeau Field lotado de cabeças de queijo empurrando o time pra frente, como muitos dizem é o 12º jogador.

4 – a defesa precisa ficar atenta principalmente no jogo de passes. Então precisamos precios nar o Romo sempre, ai vai entrar o Aaron Kampman e A.J. Hawk. T.O vai ser provavelmente o mais acionado para o Cowboys nos passes, então os CBs Charles Woodson e Al Harris precisam ficar ligado e o SS Atari Bigby Ligado na segunda opção de passe, o TE mais perigoso da NFL, atualmente, Jason Witten.

5 – E principalmente a defesa que esse ano assim como no ano passado muito faltosa, principalmente em 3ª descidas, dando assim de graça 1ª descida em muitas vezes para o adversário.

Dallas Cowboys entra nesse jogo como favorito, mas assim como no jogo contra o Vikings que não eramos favoritos, e conseguimos ganhar. Só nos resta torcer para que isso aconteça de novo.
GO PACKERS!!!

postado por Felipe Arten e BassPlayer

domingo, 14 de setembro de 2008

Week II - Packers 48 @ Lions 25: Apertado, entretanto, com folga. Packers é o líder na NFC North.


Bom dia nação Cheesehead. O Packers chegou a mais uma vitória na tarde deste domingo, jogando fora de casa. No entanto não foi tão fácil quanto parece ou quanto parecia antes do fim do primeiro tempo.

video

1st Quarter
TD James Jones, 9 yd pass from Aaron Rodgers (Mason Crosby kick is good), 2:06. Drive: 15 plays, 86 yards in 8:10
2nd Quarter
TDDonald Driver, 2 yd pass from Aaron Rodgers (Mason Crosby kick is good), 11:07. Drive: 5 plays, 82 yards in 2:55
TDJordy Nelson, 29 yd pass from Aaron Rodgers (Mason Crosby kick is good), 6:47. Drive: 4 plays, 63 yards in 2:14
FGJason Hanson, 38 yd field goal , 0:14. Drive: 11 plays, 57 yards in 2:15
3rd Quarter
FGJason Hanson, 49 yd field goal , 11:27. Drive: 10 plays, 43 yards in 3:33
FGJason Hanson, 53 yd field goal , 8:15.
FGMason Crosby, 25 yd field goal , 2:28. Drive: 13 plays, 65 yards in 5:47
4th Quarter
TDCalvin Johnson, 38 yd pass from Jon Kitna (Jason Hanson kick is good), 13:17. Drive: 4 plays, 80 yards in 1:43
S, undefined.
TDCalvin Johnson, 47 yd pass from Jon Kitna (Jason Hanson kick is good), 7:41. Drive: 1 plays, 47 yards in 0:10
FGMason Crosby, 39 yd field goal , 5:17. Drive: 6 plays, 59 yards in 2:24
TDBrandon Jackson, 19 yd run (Mason Crosby kick is good), 3:31. Drive: 4 plays, 40 yards in 1:39
TDCharles Woodson, 41 yd interception return (Mason Crosby kick is good), 3:09.



TDNick Collins, 42 yd interception return (Mason Crosby kick is good), 2:07.

O Packers começou muito bem, explorando logo de cara os passes rápidos contra a formação Cover 2 dos Lions e, logo de cara, os Packers chegaram a endzone através do #89 James Jones, que recebeu um belissímo passe de Rodgers.

O ataque continuou potente, mas utilizando o passe, afinal o jogo corrido não havia encaixado e nem encaixaria tão bem no decorrer da partida. No drive seguinte ao do touchdown, Rodgers fez um passe em profundidade para Greg Jennings, que ao melhor estilo Garrincha, deixou Brian Kelly humilhantemente no chão, e recebeu a bola livre, fintando e chamando para dançar cinco jogadores da defesa dos Lions, numa das jogadas top 10 da semana 2.

O drive foi concretizado no passe de Aaron Rodgers para o veterano Donald Driver. Entrou em campo a defesa e, mais uma vez, os Lions pouco fizeram. Perdendo por duas posses de bola, a coisa complicava cada vez mais para o time de Detroit, enquanto os Packers se preparavam para receber novamente a posse de bola.

Mais um drive, mais um touchdown. Através do passe, outra vez, Rodgers foi avançando seu ataque e colocou três posses de vantagem num touchdown para o seu wide receiver novato, #87 Jordy Nelson, que anotou seu primeiro TD em sua primeira recepção na NFL. Packers 21-0.

Nelson: primeiro passe, primeiro touchdown; 29 jardas.

Com o primeiro tempo perto do fim, Jon Kitna e o ataque do Lions entraram em campo e conseguiram finalmente avançar a bola um pouco, ao menos para chutar um field goal e não sair perdendo de zero, já que teriam a posse de bola no ínicio do terceiro quarto. Era o começo da virada.

O Packers voltou dos vestiários com a mesma "síndrome de terceiro quarto" que vimos no ano passado, a defesa não voltou ligada e permitiu mais três pontos. Packers 21-6. O ataque dos Packers assumiu o campo, mas na primeira jogada Rodgers não viu a pressão e a linha defensiva conseguiu forçar um fumble, recuperado pelos Lions. Mais três pontos cedidos.

O Packers voltou ao ataque, no entanto não conseguiu nada correndo com Grant, que correu apenas 20 jardas durante a partida. Sobrou para o jogo aéreo e Brandon Jackson, que levaram o Packers a uma resposta com o FG. Packers 24-9. O problema é que o FG não basta quando a defesa está mal, e logo os Lions estariam a apenas uma posse de bola e conversão de 2 pts. No passe mal defendido por Charles Woodson, Calvin Johnson recebeu livre e sem cobertura, para então correr até a endzone e anotar o primeiro touchdown dos Lions.
Grant não correu bem com a bola, talvez a lesão ? Ele terá que fazer mais contra os Cowboys.

Começando dentro da própria redzone, os Packers entraram em campo para 3 downs antes do punt. No entanto, nem o punt iria funcionar. É isto mesmo, Derrick Frost, o mais novo punter dos Packers já cometeu seu primeiro erro grotesco, em um snap perfeitamente controlável, o punter deixou a bola escapar e sair pelo fundo do campo, o que não foi ruim, afinal caso caísse na endzone, os Lions poderiam recuperá-la para um TD. Safety para os Lions, 2 pontos, 24-18 e um jogo bom para Detroit novamente.

Bom até demais. Com a posse no meio do campo, após o punt de safety, novamente rídiculo, em poucos segundos, Kitna ligou o passe para seu WR número #81 novamente e... sim, touchdown Lions. O time de Michigan virou um jogo que estava 21-0 ! 24-25.

A pressão passou então para as mãos de Aaron Rodgers, que rapidamente chamou seu wide receiver quente, Greg Jennings, num passe de slant, mas que resultou em mais de 60 jardas de ganho, deixando Green Bay em posição de ao menos chutar. Os Packers estavam no jogo novamente, 27-25.

O jogo acabou aqui, afinal Kitna voltou a campo, mas finalmente a defesa, mais precisamente, Chales Woodson o ex-Michigan Wolverines, apareceu. Um passe ruim atrás do outro, Kitna soltou três interceptações, das quais as duas últimas foram retornadas para TD. A primeira ainda, resultou na bela corrida de Brandon Jackson para seu primeiro touchdown na temporada e a "save" do jogo. 34-25, 41-25, 48-25 e 2-0, liderança na NFC North.

Jackson corre para a endzone perseguido por defensores do Lions

Woodson, uma após a outra em Michigan, sua "casa".

Os destaques voltam a ser bola do jogo e fumble do jogo:

Bolas do jogo (desculpem-me, mas a ordem é apenas numérica, a qualitativa é impossível, pois todos se destacaram em algum momento):

1- Aaron Rodgers: Sem erros, sem turnover, 328 jds, 3 tds e QB rating de 116.9, acima dos 100 pelo segundo jogo consecutivo.

Rodgers: surpreende com sua paciência e visão de jogo.

2- Greg Jennings: 3 recepções convertidas em "big plays" num total de 6, 167 jds recorde da carreira.

3- A.J. Hawk: A peça da defesa que mais se destacou individualmente. Foram 6 tackles (5 solo e 2 assistências) e 2 sacks solo.

4- Charles Woodson: Havia falhado algumas vezes, tinha tido chance de interceptar outros passes, mas se redimiu com as duas no final da partida que decidiram o placar a favor dos Packers.

Greg Jennings e Chales Woodson: personagens do jogo se "comprimentam" após o retorno para TD do #21.

Fumble do jogo:

Aqui todos esperam Ryan Grant, talvez ? Não ! É quem vocês pensam.
Derrick Frost e sua bizarra apresentação no tempo final. Em números, 4 punts e média de 36.0 jds.

E novamente, Jarret Bush, sim ele mesmo, fez uma falta que anulou o retorno até a linha de 40 dos Packers, deixando-nos na nossa redzone antes de tudo isso acontecer. Um dia alguém se toca em Green Bay.

A próxima parada é contra os Vaqueiros de Dallas, que vem ao frio, ou nem tanto, de Green Bay, onde não vencem a tempos. A partida do Sunday Night Football terá transmissão pela ESPN.

Um grande abraço a todos.

Go G !





sábado, 13 de setembro de 2008

Week II - Packers @ Lions

Boa noite nação Cheesehead.


Packers @ Lions
Ford Field - Detroit, MI
14:00 horário de Brasília
Transmissão via Internet: MyP2P ou Channel Surfing*

* Por enquanto, apenas o audio confirmado, rádio. MyP2P oferece uma série de opções, muitas em WMP, vale a pena conferir.

video

Indo para Detroit os Packers tem o segundo desafio da temporada, após a boa vitória de estréia em casa. Contra os Lions, os Packers dispõe de boas armas ofensivas, afinal a defesa que cedeu 318 jardas corridas no último jogo irá enfrentar Ryan Grant, que mesmo machucado, mostrou-se um grande "Playmaker", após correr 57 jardas em apenas uma jogada contra a potente defesa dos Vikings. O destaque do jogo é para o camisa #25 e como irá se comportar a defesa de Detroit enfrentando-o.

Além de Grant o ataque conta com Aaron Rodgers, que após ter uma boa estréia na NFL, agora tem o desafio de continuar conduzindo o forte ataque de Green Bay. Destaca-se a importância dos WRs aqui, afinal será uma competição livre entre ambos os times, que contam com grupos muito talentosos: de um lado Driver e Jennings, de outro Williams e Johnson.

Estes aliás, que são as principais preocupações para a defesa. Para pará-los, Al Harris terá um importante papel, afinal seu companheiro Charles Woodson é dúvida, para o jogo exigindo muito mais do camisa #31. Outro ponto crucial é a pressão no QB, o pass-rush. Com ele será possível forçar Kitna aos erros, já que este não conta com a mobilidade que Jackson tinha pelos Vikings. Se forçarmos o QB dos Lions, será uma grande ajuda para a defesa.

O RB novato Kevin Smith não teve uma estréia muito boa, correndo apenas 48 jardas no último jogo, não preocupa tanto devido ao talento dos linebackers e safeties dos Packers, porém é preciso anulá-lo logo no início da partida.

As chaves do jogo são, então:

1- Estabelecer o jogo corrido e, possivelmente, aproveitar as chances de "big plays" que poderão surgir. Não se esqueçam que foram várias no jogo entre Lions e Falcons e Michael Turner as aproveitou brilhantemente.

2- Pressionar o QB dos Lions e permitir o mínimo possível de passes completos para os camisas #11 e #81.

3- Não cometer faltas. Foram 12 faltas, que custaram 118 jardas para Green Bay no jogo contra Minnesota. Não podemos cometer tantas faltas assim.

Fiquem de olho em: Ryan Grant e Aaron Kampman, jogadores fundamentais para que o Packers saia vitorioso de Michigan.

Um bom jogo a todos !!!

Go G !


quinta-feira, 11 de setembro de 2008

Apresentação: BassPlayer novo colaborador

Boa tarde nação Cheesehead!! Apartir dessa semana eu serei mais um dos colaboradores do Blog, e tentarei colocar minhas opiniões e palpites para o nosso amado time GREEN BAY PACKERS

Me chamo Lucas Marques, tenho 23 anos e sou de São Paulo. Estou no último semestre de Rádio e TV, faço da Faculdade Belas Artes de São Paulo, e pretendo com certeza quando sair da faculdade trabalhar com esporte, principalmente futebol americano, então torçam pra eu conseguir entrar na ESPN ou BandSports.

Vou falar aqui um pouco dos meus gostos, vocês já devem ter visto meu nick, BassPlayer(baixista) , sim eu toco baixo RS. toco baixo a mais ou menos 8 anos e sou um Headbanger então curto metal em geral, minhas bandas preferidas são Dr. sin, Dream Theater, Iron Maiden, Metallica ...... tem muitas bandas que adoro , eu ia ficar o dia todo pra escrever aqui!!!

Muitos de vocês devem me conhecer lá da comunidade Green Bay Packers, pois sempre comento lá os jogos e tudo que está acontecendo no Packers. Mas outros podem me conhecer através da comunidade NFL BRASIL, eu sou o dono da comunidade, falando nisso quem quiser entrar lá, está aberto pra todo mundo e também podem me add no Orkut.

Comunidade NFL BRASIL - http://www.orkut.com.br/Community.aspx?cmm=3812333
Meu profile no Orkut - http://www.orkut.com.br/Profile.aspx?uid=8797282062700357884

Bom agora irei contar como comecei a torcer para o Packers. Todo começou a a 10 anos atrás, quando eu e meu irmão estavamos rodando os canais e estava passando o Super Bowl XXXII, acho q estava passando pela Bandeirantes se não me engano, esse Super Bowl como muitos de vocês devem saber foi entre Denver Broncos e Green Bay Packers, infelizmente nos perdemos naquele ano. e naquele dia eu e meu irmão escolhemos nossos times , ele começou a torcer para o broncos e eu claro que pro Packers. mas virei um Cheesehead fanaticos a mais ou menos ins 6 ou 7 anos, foi quando eu comecei a acompanhar mesmo a NFL.

Abraço pra todos os torcedores do Packers e amates de NFL
Lucas Marques - BassPlayer

terça-feira, 9 de setembro de 2008

Week I - Vikings 19 @ Packers 24: Green Bay vence a primeira da temporada

Boa tarde nação Cheesehead ! Boas notícias de Green Bay, ainda estamos comemorando e muito a primeira vitória do primeiro jogo na carreira do nosso novo quarterback, Aaron Rodgers. Antes de começar a falar do jogo, gostaria de apresentar o mais novo membro e redator do blog, nosso querido cabeça-de-queijo Lucas Marques, ou simplesmente, Bass Player.

Ele terá o post de apresentação assim que estiver aqui no blog, mas por enquanto ele enviou uma excelente análise do jogo.

video

1st Quarter
none
2nd Quarter
FGRyan Longwell, 37 yd field goal , 13:35. Drive: 6 plays, 51 yards in 2:57
TDKorey Hall, 1 yd pass from Aaron Rodgers (Mason Crosby kick is good), 10:07. Drive: 5 plays, 62 yards in 3:28
FGMason Crosby, 42 yd field goal , 3:21. Drive: 8 plays, 63 yards in 4:15
3rd Quarter
FGRyan Longwell, 27 yd field goal , 10:52. Drive: 9 plays, 77 yards in 4:08
TDWill Blackmon, 76 yd punt (Mason Crosby kick is good), 6:35.
4th Quarter
TDSidney Rice, 23 yd pass from Tarvaris Jackson pass failed, 14:12. Drive: 15 plays, 79 yards in 7:23
TDAaron Rodgers, 1 yd run (Mason Crosby kick is good), 6:03. Drive: 4 plays, 77 yards in 2:31
TDAdrian Peterson, 3 yd run (Ryan Longwell kick is good), 2:39. Drive: 11 plays, 80 yards in 3:24

Nesta segunda feira jogando em seu estádio, Green Bay Packers consegue ganhar de seu rival Minnesota Vikings. O jogo acabou 24 a 19 com uma interceptação do Safety Atary Bigby nos últimos segundos de partida.

O time de Green Bay jogando com seu time titular conseguiu segurar a defesa maluca dos Vikings. O jogo foi bastante disputado, mas marcado por muitas faltas do time de Winsconsin, que logo no começo da partida teve uma 1st & 33. Uma dessas faltas, também, anulou um TD de Donald Driver num belo passe em profundidade de Aaron Rodgers. A defesa de Green Bay também cometeu muitas faltas cedendo novas séries de descidas para o ataque de Minnesota.

Os primeiros pontos do jogo foram de Minnesota no começo do 2º quarto com um belo avanço de 34 jardas de Adrian Peterson que pôs a equipe em condição de chutar um Field Goal de 37 jardas do ex-jogador do Packers Ryan Longwell. Logo em seguida o time de Wisconsin respondeu com um passe de 56 jardas que deixou Greg Jennings a beira da endzone e, após várias faltas na defesa dos Vikings, o TD no passe de Rodgers para Korey Hall.

Jennings recebe o passe de 56 jardas.

O Packers ainda anotou um Field Goal de 42 jardas do Mason Crosby, porém foi só, na última jogada do primeiro tempo, os Packers tiveram uma tentativa de Field Goal bloqueada, e ficou assim, Packers 10 x 3.

O terceiro quarto do jogo começou com o Vikings avançando bem e convertendo mais um Field Goal. O Packers pouco fez ofensivamente no terceiro quarto e logo o ataque dos vikings estava em campo pronto para virar ou encostar no placar. No entanto, foi a vez da defesa parar o ataque dos Vikings forçando-os ao punt. Numa jogada sensacional, Packers voltou a pontuar com seu retornador Will Blackmon , que conseguiu retornar um punt para um TD de 72 jardas, concretizando uma das jogadas mais belas da semana 1 da NFL. Muito bom ver os retornos dando os frutos e concretizando o que vimos durante a pré-temporada.

Blackmoon mostrou uma combinação de velocidade, agilidade e noção de espaço impressionante.

No último quarto da partida o QB de Minnesota, Tarvaris Jackson, entrou finalmente no jogo, após um desastroso primeiro tempo de jogo, quando teve apenas 16 jardas em 2 passes completados. Jackson conseguiu vários first downs através de suas pernas, mas numa quarta descida, Jackson conseguiu enganar a defesa num play-action e lançou a bola para Sidney Rice, que recebeu e correu livre para a endzone. Nessa jogada, a cobertura era de Atari Bigby, que acabou sendo pego no contrapé e não pode fazer o tackle para salvar o TD. Ficou Packers 17 x 12, após a conversão de 2 pts mal sucedida.

O Minnesota conseguiu segurar o ataque dos Packers mais uma vez e no ataque comandado por Jackson, os Vikings conseguiram mais um TD através da estrela Adrian Peterson. Com o placar de 24 a 19, os Vikings partiram para o Onside Kick, recuperado por Green Bay, no entanto, a posse de bola ainda voltaria para os Vikings a menos de 2 minutos do final e, então, a defesa dos Packers apareceu, finalmente. Através da pressão da blitz de Green Bay, o QB dos Vikings lançou preciptadamente a bola, que foi parar nas mãos do Safety Atari Bigby, garantindo de vez a vitória no jogo de estréia na temporada 2008-09 dos Packers.

Os destaques da partida:

Arten: 1- Aaron Rodgers: preciso falar ? QB rating 115.5, um TD anulado e um correndo.

2- Ryan Grant: Esse cara é o meu favorito !!! 35 jardas, machucado... e então, 57 JARDAS PARA SALVAR O JOGO !!! Alguns podem discordar, mas há tempos não tinhamos um running back assim. Ahman Green não deixa saudades, nem um pouco.

Grant foi sensacional, mesmo machucado repetiu a dose do ano passado

3- Nick Barnett e defesa: O capitão da defesa foi perfeito. Fez exatamente o que tinha que fazer, ajudando A.J. Hawk a parar Peterson, e mesmo que os Packers tenham cedido 187 jardas de corrida, fiquei feliz com a atuação defensiva dos Packers. Há tempo e podemos melhorar ainda.

Quando Peterson passava pelo #50, entrava em ação o #56
Vida dura jogar contra um grupo de linebackers tão talentosos

Lucas: 1-Aaron Rodgers: Um dos destaques positivos do Packers nesse primeiro jogo foi o sucessor de Brett Favre, Aaron Rodgers que jogou muito bem conseguindo 18 dos 22 passes tentandos, 178 jardas. O Novo Quarterback do time se mostrou muito seguro e conseguiu fazer jogadas muito boas como o passe para o Greg Jennings de 56j ardas. Uma das outras boas qualidades que Rodgers apresentou foi a habilidade de correr com a bola, ele correu 8 vezes com a bola e conseguiu 35 jardas, algumas dessas corridas resultaram em first downs vitais para os Packers.

Rodgers seguro e confiante, não poderia ter uma estréia melhor.

Agora os Packers pegam os Lions na "Motor City Rock". Time que foi uma grande surpresa na primeira semana ao perder para a zebra Atlanta Falcons por 31 x 21. Se os Packers souberem aproveitar, terão tudo para vencer o jogo.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Week I - Vikings @ Packers no Monday Night Football

Boa noite nação Cheesehead.


Vikings @ Packers
Lambeau Field
20:00 horário de Brasília
Transmissão ESPN, provavelmente, caso haja atrasos no US Open o jogo não será transmitido antes do finald do jogo de tênis.
Links na internet: ChannelSurfing ou MyP2P

video


Abrimos mais uma temporada de postagens com a primeira prévia desse MNF. Vikings e Packers são dois rivais de divisões que têm grandes chances de estarem nos playoffs. Os Vikings vêm com reforços na defesa e uma linha defensiva quente, que já foi a melhor no ano passado e agora conta com Jared Allen.

O duelo a se observar será entre Adrian Peterson e Ryan Grant, dois dos destaques na temporada passada, tiveram uma grande temporada e prometem muito para este ano. Ambos têm no time a mesma função: tirar a pressão das costas de seus quarterbacks. Em seu primeiro jogo como titular Rodgers jogará contra uma defesa que é cotada como a melhor da NFL, enquanto Tarvaris Jackson, que nunca mostrou seu possível talento, jogará contra um dos times que menos permitiu-o jogar, inclusive nos últimos dois jogos, Jackson estava no banco; Bollinger era o QB dos Vikes nas últimas duas derrotas.


Todos bem se lembram dos últimos jogos contra o Vikings. No primeiro da temporada 2007-08, em Minnesota, Brett Favre quebrou o recorde de passes pertencente, até então, à lenda Dan Marino. No outro jogo, no Lambeau Field, uma lavada de 34 pontos, com direito a grandes corridas de Ryan Grant, enquanto Peterson pouco pode fazer, inclusive saiu lesionado.

Acredito, então que as chaves para o jogo sejam:

1- Linha ofensiva: Abrir caminho para o jogo corrido e proteger o #12 - "Olá temos Rodgers pela primeira vez aqui, precisamos proteger e dar tempo ao nosso QB contra essa linha defensiva maluca!" - não esqueçam que essa foi a melhor defesa contra o jogo corrido, mas a pior contra o passe, uma jogada de playaction pode facilmente gerar pontos para os cabeças-de-queijo.

2- Parar Adrian Peterson acima de tudo: sem Peterson o ataque fica limitado e podemos até mesmo forçar turnovers aproveitando possíveis erros. Outro ponto é que a defesa ficou devendo na questão do jogo corrido durante a pré-temporada.

3- Não cometer Turnovers: Um time que joga em casa e quer vencer não pode cometer turnovers de maneira alguma.


Destaco a função desses jogadores:

Ataque: Aaron Rodgers - Sim, ele vai mostrar que é eficiente no west coast offense, passes curtos e ganhos feitos pelos wide receivers.

Defesa: Nick Barnett - Ele é o capitão da defesa e o encubido da tarefa de parar Peterson.

Um bom jogo a todos !!!

Go G !

terça-feira, 2 de setembro de 2008

Packers dispensa Jon Ryan e Adbul Hodge; 2 jogadores free agents são contratados.

Boa tarde nação Cheesehead.

Continuando a lista de dispensas que pensamos antes ter terminado, temos mais duas baixas: o punter Jon Ryan e o linebacker Abdul Hodge. O punter canadense vindo da CFL foi titular pelos Packers nas últimas duas temporadas e apesar de alguns momentos ruins, nos referimos em exemplo ao último jogo contra nos Bears em Chicago, Jon Ryan era um dos melhores punters da NFL, conseguia punts incríveis de 70, 60 jardas, além disso, quando em uma jogada algo saia errado, Ryan tinha velocidade para enganar a defesa e correr com a bola, como vimos nessa pré-temporada e no ano passado também. Na minha opinião, um péssimo negócio visto que o contratado para repor Ryan é o punter dispensado pelos Redskins, Derrick Frost.

Frost não é um dos punters mais fortes da liga, nem tem tanta precisão e por isso perdeu a vaga em Washington, mas pela falta de jogadores disponiveis, a opção dos Packers era essa. Mais uma vez destaco o péssimo negócio em mandar Ryan embora, pelo menos neste ano, sendo que poderiamos aguardar até pelo menos o próximo ano.

Todo caso, o outro corte do LB Abdul Hodge, me parece ainda pior. O corte se deve ao fato dos Packers não terem um long snaper para a temporada. Sai um ótimo linebacker, que provou estar bem fisicamente na pré-temporada e entra um long snaper free agent, pelo simples fato de o plantel não ter um jogador designado e especialista na função. O nome dele é Brett Goode e sua função é jogar a bola para trás o mais longe possível para que o novo Punter e Holder, Derrick Frost, a pegue controladamente.

Foram essas, então, as últimas mudanças no elenco antes da temporada. O Packers perdeu dois grandes jogadores na minha opinião, mas quem sabe, Ted Thompson não os põe nos pratice squads, ao menos para mantê-los nos Packers.

Por hoje é só. Um grande abraço a todos.

Go G !